Como ajudar

Eleger mais mulheres neste ano será uma missão difícil, mas não impossível. Somos a maioria do eleitorado e podemos nos unir! Vamos juntas?

Veja como você pode ajudar:

1) Compartilhando nosso conteúdo: use #libertasnopoder e compartilhe nas suas redes o que a gente produz aqui para que seja visto por mais pessoas

2) Somando força: doe um tempinho e talento, mande seu contato e horário disponível para campanhalibertas@gmail.com

3) Somando dinheiro: se ainda não doou, não conhecia o projeto e quer ajudar agora, precisamos de verba para conseguir ampliar cada vez mais nosso trabalho. Você pode depositar qualquer valor em nossa conta. Mande um email para campanhalibertas@gmail.com para combinarmos a melhor forma

4) Participando da roda de conversa que vamos promover em setembro. Avisaremos data, horário e local aqui. Lá, vamos vender nossos adesivos e ímãs também

5) Comprando fotos das nossas fotógrafas colaboradoras:
Por R$ 100, você recebe uma foto impressa 20×30 a escolher das fotógrafas Bárbara Ferreira, Fernanda Carvalho, Isis Medeiros e Mariela Guimarães. Veja as opções e mande um email para a gente (campanhalibertas@gmail.com)

6) Ainda estamos oferecendo dois tipos de trabalho para arrecadar mais verba:
– Ensaio fotográfico como recompensa para quem doa R$ 600
Sessão fotográfica com até três pessoas (pode chamar as migas, os migos, o cachorro, o crush, o bebê, pode até dar de presente para alguém), feita por uma de nossas colaboradoras Bárbara Ferreira, Isis Medeiros e Marie Guimarães. O ensaio dura em torno de 2 horas e serão entregues cerca de 20 fotos digitais profissionais (em alta resolução, para você imprimir, sem perder a qualidade das imagens, e em baixa, pra você compartilhar nas suas redes). Essa recompensa é limitada a quatro ensaios!

– Oficinas de jornalismo e eleições para escolas que doarem R$ 500. Se você conhece ou trabalha em alguma escola, mande um email para a gente que enviamos a nossa proposta: campanhalibertas@gmail.com
Abordagens possíveis:
– Leitura crítica da mídia
– Mulheres no poder e igualdade de oportunidades
– Cidadania digital e fake news
Resultados esperados:
– Alunos mais conscientes dos votos, do sistema político, da importância da mulher nesse cenário, do jornalismo, das notícias falsas