Reportagens > Libertas Fiscaliza

Manifestação

Candidatas do PRTB denunciam falta de apoio do partido

A 23 dias do fim da campanha eleitoral, diversas postulantes ainda não têm o dinheiro, o material de divulgação e a assessoria prometidos pela legenda

Por:
Marcela Káritas
Foto: Bárbara Ferreira - Mulheres ressaltam a importância da representatividade e denunciam violência contra Marielle Franco

Publicado em 14/09/2018

Quase um mês após o início oficial da campanha eleitoral, e a 23 dias de seu término, diversas candidatas a deputada federal do PRTB alegam não ter recebido nenhum apoio do partido para sair às ruas para pedir votos. Preocupadas com sua situação, elas se reuniram para uma manifestação na sede do PRTB na última quarta-feira (12), na região da Pampulha. No entanto, segundo as postulantes, o grupo não pôde ao menos ficar na recepção da legenda. “Quando é para fazer a cota de mulheres, eles prometem mundos e fundos. Mas, depois, é aqui na rua”, reclamou a candidata a deputada federal Mary Ellen.

Segundo Marcela Costa, que também tenta ser deputada federal, na época da formação da chapa, em junho, o partido recebeu com atenção as mulheres interessadas em se candidatar. O PRTB assegurou, em encontros presenciais com as postulantes, confeccionar material de campanha, gravar propaganda eleitoral e organizar eventos beneficentes e leilões para arrecadar recursos.

No entanto, ainda de acordo com Marcela Costa, a legenda parou de atender às ligações do grupo após o registro de suas candidaturas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Para conseguir meu santinho, tive que ‘dobrar’ com um candidato de outro partido”, alegou. A dobra acontece quando dois postulantes se unem para produzir material de divulgação em conjunto.

Mary Ellen também alega que o partido, em nenhum momento, comentou sobre os 30% do Fundo Partidário que devem ser destinados às mulheres candidatas. “Fui eu que comentei sobre esse fundo da mulher, mas até agora eles não me deram nenhum retorno”, afirmou.

Candidatas em protesto na porta do partido. Foto: Divulgação

Após a manifestação de quarta, o PRTB, segundo as candidatas, se comprometeu a disponibilizar, até a próxima segunda-feira (17), material de campanha para as postulantes a deputada federal. Nenhuma das duas candidatas ouvidas pela reportagem têm prestação de contas registradas no sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do TSE.

PRTB não atende à solicitação de posicionamento

Desde a data da manifestação, a reportagem da Campanha Libertas tem tentado entrar em contato com o diretório mineiro do PRTB, via telefone e e-mail. A equipe da legenda atendeu a quase todas as nossas ligações, feitas em horários distintos do dia, mas não respondeu aos questionamentos feitos pela reportagem.

Em um primeiro momento, o PRTB disse que a presidente do partido em Minas, Rita del Bianco, nos concederia uma entrevista. Mas até a publicação desta matéria, a legenda não ofereceu nenhum posicionamento.

O texto será atualizado caso o partido forneça resposta oficial.

[A Campanha Libertas é um coletivo independente e suprapartidário. Todos os nossos textos podem ser republicados gratuitamente, desde que não sejam editados e tenham a assinatura da repórter que escreveu e o link campanhalibertas.org. Quer ser um republicador e saber mais sobre as nossas pautas? Escreva para campanhalibertas@gmail.com]